Meditação Aberta aos Buscadores

Hoje em dia, a meditação é assunto comum nas conversas entre pessoas ligadas a alguma forma de espiritualidade, para além de muitos livros serem escritos sobre este tema. Todavia, o assunto deve ser tratado cuidadosamente. A meditação tem força e sentido, pouco compreendidos pelo estudante comum. Ela é capaz de transformar a nossa vida.

A metodologia rosacruz propõe uma técnica especial, desenvolvida através dos séculos, pela qual o Eu é preparado para alcançar a completa harmonização e identificação com a Consciência Interior.

Ao fazermos contato com o Eu interior, que esperamos dele? Que ideias e pensamentos podem impressionar-nos? Certamente não podemos esperar que o Eu interior justifique muitas ações e pensamentos a que nos entregamos no momento. O elevado padrão ético de conduta que Ele nos infundirá poderá constituir grande desapontamento.

Devido a isto muitos abandonam a prática da meditação, a fim de evitar alterações no seu costumeiro padrão de pensamento e comportamento.

A meditação coloca-nos em contato direto com a consciência anímica, que é Amor

– Deus em nós. Pela prática da meditação, mudamos o nosso modelo mental para pensamentos mais positivos e para ideias mais elevadas. Por este meio podemos esperar contatos com a consciência da alma e receber impressões que nos ajudarão a construir uma vida harmoniosa e a encontrar soluções criativas para os problemas pessoais.

A ponte que começamos a edificar entre o eu exterior e o interior deve contar com alicerces muito sólidos. A estrutura do nosso comportamento objetivo deve estar firmemente edificada, pedra sobre pedra, com bons pensamentos, boas ações, e com o aprimoramento da nossa vida intelectual e emocional. Tais alicerces são edificados através dos ensinamentos rosacruzes que, com a sua valiosa orientação e os seus exercícios, constituem a preparação importante para o contacto com o Ser interior. Podemos ver que a meditação é um importante fator nos nossos desempenhos na vida, e produz mais paz, equilíbrio e harmonia em todo os aspetos.

A meditação tem sido definida como caminho para a iluminação interior e ligada a aspetos religiosos. Entretanto, a técnica rosacruz é simples, tendo sido desenvolvida através de longo período de tempo e está muito mais ligada à vida prática do ser humano.

Os principais elementos para uma meditação proveitosa são a concentração, o relaxamento e a motivação justa e sincera.

Para a prática da meditação, devemos estar perfeitamente relaxados e desligados do nosso ambiente físico. Seguidamente devemos orientar a consciência para o nosso íntimo, através da concentração para este Ser que sentimos. Devemos manter-nos completamente passivos contemplando a nossa alma que ouve, vê e sente. Quanto maior a atenção colocarmos neste Ser interno, maior o proveito e perfeição do contato.

Devemos colocar-nos em meditação apenas por poucos minutos, uma ou duas vezes por dia, se possível. Períodos mais longos não aumentarão necessariamente, o nosso proveito.

Durante as nossas meditações poderemos ser inspirados com ideias e soluções para as questões importantes da nossa vida, bem como experimentaremos paz e harmonia. A prática regular proporcionar-nos-á estímulo, coragem e energia, não apenas para nós mesmos, mas ajudando assim todos aqueles com quem nos relacionamos.

Meditação aberta aos Buscadores –  todo domingo às 11h15

0

Programação Mensal

Confira nossa programação para esse mês:

“Setembro 2018”

01 – Sábado
15h30 – Fórum de Grau
16h00 – Alegoria da OGG – “O Chamado”
17h00 – Convocação Ritualística de Templo l
19h00 – Ritual de Iniciação Rosacruz ao 1º Grau de Templo – Primeira Parte

02 – Domingo
09h00 – Ritual de Iniciação Rosacruz ao 1º Grau de Templo – Segunda Parte
11h15 – Meditação aberta aos Buscadores

08 – Sábado
15h30 – Ritual da Classe dos Artesãos
16h00 – Convocação Ritualística da OGG
17h00 – Convocação Ritualística de Templo
18h30 – Reunião dos Oficiais Administrativos
19h00 – Reunião Administrativa Mensal – RAM

09 – Domingo
10h15 – Ritual de Harmonização com o Conselho de Solace da Grande Loja
11h15 – Meditação Aberta aos Buscadores

15 – Sábado
16h00 – OGG – Cerimônia de Mudança de Estação – Festa
17h00 – Convocação Ritualistica de Templo

16 – Domingo
10h15 – Meditação Luz, Vida e Amor
11h15 – Festa da Pirâmide

22 – Sábado
16h00 – Convocação Ritualística da OGG
17h00 – Convocação Ritualística de Templo
18h30 – Palestra Aberta

23 – Domingo
10h15 – Ritual de Harmonização com o Conselho de Solace da Grande Loja
11h15 – Meditação Aberta aos Buscadores

29 – Sábado
15h30 – Cerimônia de Elevação ao Sanctum Celestial
16h00 – Convocação Ritualística da OGG
17h00 – Convocação Ritualística de Templo

30 – Domingo
10h15 – Meditação Luz, Vida e Amor
11h15 – Meditação Aberta aos Buscadores

 

0

Manifesto – As Novas Bodas Alquímicas de Christian Rosenkreutz

Na qualidade de autor deste Manifesto, e antes que você tome conhecimento dele, eu gostaria de me apresentar. No passado, fui conhecido pelo nome de Christian Rosenkreutz, fundador mítico da Ordem Rosacruz, sociedade secreta cujas origens os historiadores do esoterismo situam no começo do século XVII, mas cuja Tradição é muito mais antiga, pois remonta às Escolas de Mistérios do Egito antigo. No Fama Fraternitatis, publicado em 1614, está explicado detalhadamente por que e como, após ter percorrido o mundo em busca dos maiores eruditos da época, eu criei a Ordem Rosacruz. Formada originalmente por alguns membros versados em hermetismo, alquimia e cabala, ela então se desenvolveu e perdurou até os nossos dias. Como seu fundador, continuei a velar por seu destino, tanto a partir do plano espiritual quanto encarnado neste plano. Um segundo Manifesto foi publicado no ano seguinte, 1615: o Confessio Fraternitatis. Sem entrar em detalhes, direi que este se constitui no prolongamento do Fama e o completa ao dar detalhes sobre as regras e o funcionamento da Fraternidade Rosacruz tal como eu os havia estabelecido. Nele encontram-se também revelações sobre o Liber Mundi (o Livro do Mundo), sobre o verdadeiro objetivo da alquimia e sobre a Ciência que os rosacruzes possuem para levar a cabo a regeneração espiritual da humanidade.

Manifesto – As Novas Bodas Alquímicas de Christian Rosenkreutz
0

Manifesto – Positio Fraternitatis Rosae Crucis

Esta obra é a continuidade dos Manifestos Rosacruzes publicados no século XVII em que a Ordem Rosacruz torna pública sua posição diante do estado atual do mundo, e constitui um elo de ligação entre os rosacruzes do passado, do presente e do futuro. Assim sendo, este Manifesto não é destinado unicamente aos Rosacruzes, mas deve ser difundido amplamente para que sua mensagem seja conhecida pelo maior número de pessoas possível. Por isso, a Ordem Rosacruz, AMORC autoriza a sua reprodução e divulgação pedindo apenas que lhe seja creditada a autoria

Manifesto Positio Fraternitatis
0
Page 1 of 2 12